domingo, 5 de abril de 2009

Ainda sobre as cadeirinhas

Respondendo algumas perguntas feitas nos comentários:

Você já fez viagem internacional com a sua menina (quando ela tinha menos de 2 anos) e levou a cadeira? Como foi?

Não, a primeira viagem de avião da Luiza ela tinha 3 anos e 4 meses e eu não levei o assento para o avião não. Eu sei que o correto é levar porque da mesma forma que o cinto do carro não protege a criança o do avião também não. Mas não é qualquer cadeirinha que pode ser usada no avião então achei melhor não arriscar.

Dei uma pesquisada rápida agora e li no Baby Center que a partir de 18kgs a criança já pode usar o cinto do avião. Antes disso deve ser acomodada em uma cadeirinha para carros presa ao cinto do avião.


Só idade conta (para mudança de tipo de assento)? Tamanho e peso não?

Na verdade a informação do outro post é o que consta no Código Nacional de Trânsito, mas é lógico que não faz o menor sentido ser em função da idade, já que algumas crianças são totalmente fora dos padrões.  Aliás, queria saber como eles vão saber a idade da criança, a gente vai ter que andar com documento da criança depois que ela passar dos 7 anos e meio para mostrar que não precisa mais do booster?

No site da ONG Criança Segura tem o Guia da Cadeirinha que diz assim:

 
Tipo de assento Bebê conforto ou conversível Cadeira de segurança Assento de elevação ou “booster”Cinto de segurança de três pontos
Peso e idade Desde o nascimento até 9 ou 13 Kg, conforme recomendação do fabricante, ou até 1 ano de idade. De 9 a 18 Kg, aproximadamente de 1 a 4 anos de idade. De 18 até 36 Kg, aproximadamente de 4 a 10 anos de idade. Acima de 36 Kg e no mínimo 1,45m de altura - aproximadamente 10 anos de idade
Posição Voltada para o vidro traseiro, com leve inclinação,
conforme instruções do fabricante, de costas para o movimento, sempre no banco de trás.
Voltada para frente, na posição vertical, no banco de trás. No banco traseiro com cinto de três pontos. Até 10 anos de idade, no banco traseiro do carro,
com cinto de três pontos.
  Veja
Mais
Veja
Mais
Veja
Mais
Veja
Mais


Faz muito mais sentido pensar em medidas (peso e altura) do que em idade. Mas de qualquer forma, não serviria para a polícia multar pois aí eles teriam que andar com uma balança e fita métrica...rs. De qualquer forma eu acho uma idiotice isso ser uma lei, já que todos os pais deveriam ter um mínimo de bom senso e usar um assento adequeado ao tamanho do seu filho.

Espero ter esclarecido as dúvidas!

2 comentários:

Anônimo disse...

sim senhora!:O)
pata

Danielle disse...

Saudade dos seu posts menos "informativos" e mais "familiares"... Como está a Lu???
Bjs, Dani Batalha