sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Luiza doentinha

Na quinta-feira da semana passada Luiza saiu da escola super caidinha. Tava irritada, resmungona, muito estranha. No final do dia, antes de dormir, percebi que ela estava com febre. Não mediquei porque a febre não era muito alta e ela logo dormiu.

De madrugada eu acordei várias vezes e ela estava super quente, a febre devia estar altíssima. Não medi porque não queria atrapalhar o soninho. Ela acordou por volta das 7am e aí eu medi: 39 de febre. Levei um sustão, porque ela nunca tinha tido febre tão alta. Dei o Alivium, que ela detesta. Minutos depois, ela corre para o banheiro e vomita tudo na pia (não é fofa minha filhota? Se preocupou em correr para o banheiro!). Resolvi dar então o Advil que tínhamos comprado nos EUA (ela teve febre lá também) e esse ela não botou para fora.

Um pouco mais tarde a febre já estava de volta e altona novamente. Liguei para o pediatra e ele pediu que observasse e só medicasse caso a febre passasse de 38.5. Resumindo, ela tomou o anti-térmico 4 vezes durante o dia. A febre cedia, mas logo voltava, super alta. À tarde, chegou a 39.5.

À noite, por orientação da minha cunhada, que também é médica, troquei o anti-térmico para Novalgina e ela então dormiu bem e acordou no sábado sem febre. Passamos um final de semana ótimo. Ela não teve febre, estava super bem-disposta, pulou corda, amerelinha, fomos ao shopping e até a uma festinha no domingo nós fomos. Nenhum sinal de febre.

Na 2a. feira ela foi para a escola, mas avisei que não era para ela fazer a natação, já que o tempo não estava muito firme. No meio da tarde me ligam de lá dizendo que ela estava super caidinha, pedindo para dormir o tempo todo e que estava com 37.5. Busquei na escola, trouxe para casa e resolvi levar para uma consulta com o pediatra.

Ele examinou e constatou o que eu já previa: virose. Ela não tinha nenhum outro sintoma que justificasse a febre. Como nesse dia a febre não passou de 38, não mediquei e ela dormiu. O pediatra pediu que ela ficasse em casa até que passasse 24hs sem febre.

Na 3a. ela não teve febre, mas teve um princípio de diarréia e por isso não foi à escola na 4a. feira também. Passou esses dias muito bem, fomos até ao shopping onde ela tirou foto com o Papai Noel (aguardem o próximo post). Eu é que quase pirei, tendo que trabalhar com ela em casa. Quero só ver como vai ser nas férias da moçoila...

Enfim, hoje ela foi para a escola. Ainda está com uma tosse super chatinha que tem atrapalhado bastante na hora de dormir. Mas fora isso, a virose é passado.

Ah, esqueci de comentar que, além dela, mais quatro crianças de sua turma também pegaram a tal virose. Credo!

5 comentários:

Jaqueline disse...

Tadinha da Luiza!!! Espero que ela esteja melhor...

Febre para mim é um trauma. Luísa já teve 4 convulsões febris (uma delas com 38.5º), então deu 37.5º eu já estou dando banho tépido e paracetamol.

Bjsssss

Flavia Oliveira, a flavoli disse...

Ela já está melhor sim. Ontem e hoje foi para a escola e, apesar da tosse chatinha, está passando bem.

Mariana M M disse...

Oi Flávia; Tudo bem?? Sou a Mariana de Santos, que a 2 anos atras vc fez os convitinhos dos backyardigans, lembra? Menina, a Maria ficou igual a Luiza, todos os 11 coleguinhas tiveram os mesmos sintomas. E eu tive que falatr o trabalho dois dias para dar homeopatia de 2 em 2 horas, ou seja, esta virose passou pelo RJ, e em Santos também. Bjus

Paula disse...

Nossa, realmente trabalhar em casa com eles junto é bem difícil!! Estou passando a mesma coisa com o Leo essa semana.

Mariana M M disse...

Oi Flávia; Tudo bem?? Sou a Mariana de Santos, que a 2 anos atras vc fez os convitinhos dos backyardigans, lembra? Menina, a Maria ficou igual a Luiza, todos os 11 coleguinhas tiveram os mesmos sintomas. E eu tive que falatr o trabalho dois dias para dar homeopatia de 2 em 2 horas, ou seja, esta virose passou pelo RJ, e em Santos também. Bjus